Veja os melhores aplicativos para android: Vencedores da Google Play Wards 2019 são anunciados

Nesta terça-feira, dia 7 de maio, a Google anunciou quais foram os vencedores do Google Play Awards. A competição visa escolher os melhores aplicativos da loja oficial para dispositivos Android da empresa, a Google Play Store.

O Google Play Awards acontece anualmente e traz a opinião da equipe da própria Google. Diversos setores de trabalho votam nos seus aplicativos favoritos, divididos em várias categorias. Para avaliar, são considerados fatores como experiência do usuário, inovação, design e acessibilidade.

As novidades do Google Play Awards 2019 são três novas categorias: Aplicativo mais inovador, jogo mais bonito e melhor experiência de sala de TV, este, sendo exclusivo para aplicativos que possuem conectividade com Chromecast ou Smart Tvs.

Entre os vencedores, temos aplicativos como o Envision, que oferece mais independência ás pessoas com deficiência visual. Ele processa imagens e textos reproduzindo-os em aúdio de forma precisa e rápida e foi premiado na categoria acessibilidade.

Outro premiado, este da categoria bem-estar, é o Woebot, que busca ajudar os usuários a lidar com a depressão, ansiedade e outras doenças psicológicas.

Na categoria impacto social, o premiado foi o Wisdo. Com ele é possível compartilhar ou ler histórias de vida que são sub-divididas em grupos específicos, como maternidade, ansiedade, depressão, LGBT e outros.

Os games também marcaram presença no Google Play Awards 2019. Entre os jogos vencedores temos o Shadowgun Legends, que recebeu o prêmio de jogo com gráfico mais bonito.

Também há o Marvel Strike Force, que traz as aventuras do Universo Marvel para a tela do seu celular e ganhou no quesito jogo mais inovadores.

Confira a lista completa dos vencedores:

  • Melhor app de bem-estar: Woebot: Your Self-Care Expert
  • Melhor experiência de acessibilidade: Envision Al
  • Melhor impacto social: Wisdo
  • Jogo mais bonito: Shadowgun Legends
  • Melhor experiência em sala de TV: Neverthink: Handpicker Vídeos
  • Mais inventivo: Tick Tock: A Tale for Two
  • Melhor experiência em mercados emergentes: Editor Gráfico Canva: logo, convite, fotos criador
  • Aplicativo mais inovador Slowly
  • Jogo mais inovador: Marvel Strike Force

Instagram anuncia que vai remover contagem de likes em fotos e videos

Após diversos rumores que rodaram a internet nesta útima semana o Instagram anunciou oficialmente que vai adotar a política de remoção da contagem de likes em fotos e vídeos.

O Instagram disse que quer conectar as pessoas através de seus conteúdos, não de números. A contagem de likes só estará disponível para o dono da publicação.

Ainda em anuncio oficial, o aplicativo disse que estuda extinguir a contagem de likes por completo no futuro.

A interface, segundo a própria empresa, deve ficar assim:

Por enquanto, as mudanças estão em vigor apenas na América do Norte,
com poucos usuários tendo acesso á elas, porém, a empresa parece estar
decidida em aplicar a atualização globalmente no futuro.

Outras duas novas funcionalidades que o Instagram implementou na mesma atualização na América do Norte são: um sticker que permite doanções para instituições de caridade através dos Stories, e o Creative Mode, uma nova plataforma totalmente nova de personalização dos Stories.

“Tinder do emprego” é anunciado pelo Ministério da Economia

O Ministério da Economia quer modernizar o sistema do Sine (Sistema Nacional de Emprego) com a criação de um aplicativo que vai facilitar o “match” entre as empresas e trabalhadores. O projeto que se chama Open Sine foi apelidado carinhosamente de “Tinder do emprego”.

Um pacote de medidas trabalhistas elaborado pelo governo federal deve ser anunciado na próxima semana, e a reformulação do Sine deve ser uma das primeiras a entrar em operação.

O aplicativo Open Sine o “Tinder do emprego” está previsto para o fim deste ano. Dados do Folha dizem que ele começará com uma base de dados de 15 milhões de trabalhadores e terá potencial de até 50 milhões.

Segundo o economista Carlos da Costa o sistema atual do governo de estabelecer a conexão entre as empresas e os empregados é ruim e não chama atenção das empresas. “Open Sine é emergencial” disse o secretário.

Para ele, após o lançamento do aplicativo o “match” dependerá apenas do interesse das empresas e dos candidatos e não do falho gerenciamento de dados pelo governo.

WhatsApp Business: Conheça a versão para empresas

O aplicativo WhatsApp que possui mais de 1,5 bilhão de usuários anunciou recentemente a versão Business, destinado a atender as necessidades de empresas de todos os portes.

O WhatsApp Business facilita a interação com os clientes possuindo ferramentas exclusivas não disponíveis no “app doméstico”, como por exemplo a possibilidade de incluir endereço físico, descrição, horário de funcionamento e-mail e site das empresas.

Outra função é a ferramenta de etiquetas que automatiza, classifica e responde rapidamente as mensagens. As etiquetas separam os contatos em cores, estas que significam: Novo cliente (vermelho), novo pedido (amarelo), aguardando pagamento (azul), pago (roxo), cinza (negócio fechado). Estas são as padrões, você pode adicionar cores e legendas para as mesmas como e quando quiser, de acordo com o perfil da sua empresa.

Entre as contas Business haverão três tipos: A verificada; que possui um selo verde no perfil comprovando que o número pertence a uma marca autêntica. A confirmada; com um selo cinza que confirma que o número é empresarial e a conta simples, sem selo nenhum. A verificação é baseada em alguns fatores: se a marca é conhecida, se possui site ou alguma identificação no Google, entre outros. Ela não pode ser comprada nem solicitada.

Primeiramente o aplicativo foi disponibilizado apenas para celulares Android, mas na última semana foi lançado também para iOS, ou seja, Iphones.

Para começar a utilizar o WhatsApp Business basta ir até a loja de aplicativos do seu celular e baixar a versão WA Business, da WhatsApp Inc.

Nova tecnologia de compactação de vídeos é criada pela Intel e Netflix

Tanto a Intel quanto a Netflix anunciaram um novo codec de vídeo de alto desenvolvimento na NAB Show (Associação Nacional de Emissoras de TV).

Pra quem precisa trabalhar com diretamente com vídeos, a tecnologia vem avençando a passos largos, e esse lançamento da Intel e da Netflix acabam sendo uma grata surpresa. Uma das maiores vantagens dessa nova tecnologia é que ela está livre e isenta de royalties para criadores de conteúdo, desenvolvedores e provedores de serviços. Esse sistema é escalável para AV1 (SVT-AV1), e ainda oferece grande desempenho e escalabilidade no processamento de vídeos.

O vice-presidente da Intel do Network Platforms Group e gerente geral da divisão Visual Cloud, Lynn Comp, afirmou na ocasião desse lançamento que o SVT-AV1 pode ajudar os provedores de serviços a economizar até metade de sua largura de banda. Além disso, Comp garantiu que esse codec possibilita serviços que vão do vídeo sob demanda a transmissão ao vivo de conteúdo 4Kp60 / 10-bit em processadores Intel Xeon Escaláveis.

Um dos grandes objetivos de se modernizar esses codecs é proporcionar uma experiência mais rica para o usuário padrão, Com isso, também se reduz os custos para desenvolvedores e provedores de serviços. Pra se ter uma ideia, o SVT-AV1 é um codec que vai tentar equilibrar desempenho, latência e qualidade visual.

Como funciona o codec SVT-AV1?

Essa nova tecnologia lançada agora pela Intel e pela Netflix é baseada na arquitetura SVT, que já forneceu diversos outros codecs anteriores, como é o caso dos SVT-HEVC, SVT-VP9 e SVT-AV1. Já esse mais recente codec é exclusivo, permitindo que os seus codificadores dimensionem os níveis de desempenho com base em dois requisitos: qualidade e latência dos aplicativos. Tanto e codificação quanto a decodificação dessa tecnologia permitirá uma maior velocidade de chegada ao mercado dos desenvolvedores.

É como se a colaboração SVT-AV1 com a Intel trouxesse uma solução AV1 alternativa para a comunidade de código aberto. Isso garante um desenvolvimento mais acelerado do algoritmo AV1, além de estimular novas tecnologias similares no futuro.

Outro lançamento

Fora essa tecnologia de compressão de vídeos, a Intel aproveitou para lançar mais uma tecnologia: o Open Visual Cloud. Trata-se de um projeto de código aberto, possuindo uma série de pipelines, que, além de mídia de código aberto, são baseados em Inteligência Artificial, além de ingredientes de software gráfico.

Esses pipelines conseguem suportar as estruturas de código aberto mais populares com os desenvolvedores que mais são familiarizados a nós. O SVT, o OpenVINO Toolkit e o Intel Rendering Framework, por exemplo, fazem parte do Open Visual Cloud. Além de trazerem codificação / decodificação, inferência e gráficos de código aberto otimizados, eles acabam sendo também uma referência interoperável para a inovação de diversos serviços.

Onde encontrar, então, o codec SVT-AV1?

O SVT-AV1 está totalmente disponível através de uma licença permissiva de patente BSD +. Esse detalhe facilitará bastante tanto a sua adoção, quanto a sua comercialização.

Interessou? Então, pra quem é desenvolvedor, pode acessar essa tecnologia através do seguinte endereço: 01.org/svt

Já, os pipelines de referência do Open Visual Cloud e os blocos de construção para codificação / decodificação podem ser encontrados aqui: 01.org/OpenVisualCloud

‘Bem-estar Digital’ da Google disponível para a família Moto G7

Lançado em 2018 o aplicativo ‘Bem-estar Digital’ da Google começa a ficar disponível para toda a família Motorola Moto G7, o aplicativo pode te ajudar a identificar o consumo excessivo do SmartPhone a ajudar na conscientização do tempo que você gasta em cada aplicativo.

O aplicativo ‘Bem-estar Digital’ estava disponível apenas para quem tinha um celular da Google, o Pixel, mas felizmente está gradualmente sendo liberado para alguns dispositivos como a linha ZenFone 5 e agora a família Moto G7. Confira alguns dos recursos:

Resumo diário dos seus hábitos digitais:

• Com que frequência você usa diferentes apps.
• Quantas notificações você recebe.
• Com que frequência você verifica o smartphone.

Desconecte-se quando quiser:

• Os timers diários de uso de apps permitem que você defina limites para o uso dos apps.
• O recurso “Relaxar” lembra você de se desconectar durante a noite com a configuração de uma programação para colocar a tela em escala de cinza. O modo “Não perturbe” silencia as notificações para que você tenha uma boa noite de sono.

Não perca tempo, instale agora e nos conte como está sendo sua experiência. Deixe nos comentários, em qual aplicativo você mais passa seu tempo?