‘Smash and Grab’ um curta sobre amizade da Pixar

A Pixar está de vonta com outro adorável SparkShorts para fazer seu coração crescer e seus olhos ficarem enevoados. Cá entre nós eles são muito bons nisso.

Em Smash and Grab, dois robôs trabalham dia após dia a bordo de um tipo de trem de mineração no futuro. Eles passam os dias ali no mesmo espaço físico, mas as linhas de energia que fornecem energia para cada um são mantidas separadas por toda a eternidade. Isso até que um dos robôs espia pela janela e percebe um vislumbre de uma vida melhor. Por que todos nós não deveríamos fazer isso? Então ele inicia um plano…

O projeto SparkShots da Pixar é um programa muito legal para os artistas produzirem seus curtas e ganhar visibilidade. “O programa SparkShorts foi desenvolvido para descobrir novos contadores de histórias, explorar novas técnicas e novos fluxos de trabalho e produção. Esses filmes são diferentes de tudo que já fizemos na Pixar, proporcionando uma oportunidade para desvendar o potencial de artistas individuais e suas abordagens inventivas de cinema em uma escala menor”, conta Jim Morris, presidente da Pixar.

Assista de deixe seus comentários.

O que esperar do PS5 e da nova geração de jogos?

A cada geração pensamos que seria a última, a mais poderosa e que não seria possível melhorar ao menos na tela de uma TV, mas a tecnologia não é assim, está sempre evoluindo e nos games não poderia ser diferente.

Há muitos rumores de que a próxima geração dos consoles teria como maior objetivo fornecer jogos diretamente da nuvem e consoles não muito mais potentes que os atuais, será? Acredito que em partes pode ser verdade, cada vez mais teremos mais conteúdo na nuvem mas quando o assunto é processamento mesmo nos países com uma infra-estrutura mais robusta isso ainda é uma realidade distante.

Tem um monte conteúdo falando sobre o PS5 mas nada concreto de fato, a única informação que temos até o momento é uma declaração do CEO da Sony (Kenichiro Uoshida) confirmando que o hardware da próxima geração é “necessário”. Em um nível isso pode não parecer muito necessário, quando você joga Homem-Aranha da Marvel, God of War e Red Dead Redemption 2 é impossível não ficar impressionado, ainda, com o lançamento do PS4 Pro que ajudou muito com a imagem e a tornar mais fluído os jogos em alguns cenários.

Porém podemos notar alguma movimentação estratégica da Sony, que já observamos no passado e parece sempre se repetir alguns meses antes de um grande lançamento como no caso do PS5. Mesmo dominando essa geração de consoles a Sony parece estar diminuindo o ritmo. As vendas de hardware atingiram o pico. Existem quatro grandes títulos sem data de lançamento definidos, o que sugere que sejam lançamentos entre gerações e ainda temos a decisão da Sony de pular a E3 2019.

Muitas fontes apontam para o final de 2020 como a data de lançamento mais provável para o PS5. O super conectado editor da Kotaku, Jason Schreier, espera que o console chegue no próximo ano, enquanto as previsões da própria Sony para uma queda de rentabilidade da PlayStation até março de 2021 sugerem que a gigante japonesa está realmente se preparando para os pesados custos de um lançamento de hardware antes disso.

Se o PS5 realmente estiver pronto para o lançamento no feriado de 2020, todos os grandes estúdios já saberão sobre as especificações de seu hardware. E se a previsão de lançamento seguir um cronograma semelhante, poderemos ouvir sobre esse hardware muito em breve. Penso em alguma novidade saindo depois da Game Developers Conference que acontece em março em São Francisco.

Enquanto isso, tudo que você vai encontrar por aí são especulações, porém infundadas, sobre o que esse hardware poderá entregar. Mas cá entre nós, isso já faz parte da diversão não é? Gosto de imaginar as possibilidades de uma nova tecnologia e você? Por isso tem um video aqui que mostra alguns dos avanços em softwares que provavelmente estarão disponíveis nas próximas plataformas.

Fortnite World Cup vai entregar US$30 milhões

A tão aguardada Copa do Mundo de Fortnite vai acontecer finalmente e haverá muito dinheiro em jogo, serão US$30 milhões na disputa, está treinando bastante Nerd?

Será um evento grandioso que irá durar vários dias e possivelmente vai entregar o maior prêmio da história do e-sports, será um total de US$30 milhões de verdinhas em disputa, incluindo US$3 milhões para o campeão. Para efeito de comparação, o torneio internacional de Dota 2 do ano passado entregou um total de US$25 milhões. Vale lembrar que para participar você deve ter pelo menos 13 anos de idade.

No anúncio a Epic Games também detalhou o processo de qualificação para o evento. Entre 13 de abril e 16 de junho, a empresa realizará 10 torneios classificatórios online, cada um com uma premiação de US$1 milhão onde a Epic diz que será “distribuída amplamente”. No final a Epic determinará os 100 melhores jogadores solo de Fortnite. 50 melhores duplas, que depois irão para as finais em Nova York, onde cada participante tem uma garantia de pelo menos US$50.000 em ganhos.

Anunciada o ano passado dutante a E3 a Epic prometeu um orçamento de US$100 milhões para e-sports este ano. Desde então, a empresa testou diversos formatos e foram se aperfeiçoando constantemente. No caminho a Epic introduziu novos recursos mirando a concorrência, como torneios in-game e também prometeu não introduzir recursos que mudam o jogo, como o temido Infinity Blade antes de grandes torneios.

Fora da Copa do Mundo, a Epic diz que continuará a realizar grandes eventos ao logo de todo o ano, com torneios adicionais de US$1 milhão que “terão uma variedade maior de modos e formatos para abrir o campo competitivo.”. Bom, se você manda bem em Fortnite é uma boa oportunidade de faturar e se divertir muito.

Quem é quem no ‘Capitã Marvel’

É a primeira vez que ela aparece nas telas do Cinema e é ambientado em um universo da Marvel que nós nunca vimos antes (anos 90), trazendo toneladas de novos personagens, raças e tecnologias nunca apresentadas em outros filmes da franquia.

Bom, e como nunca é demais estar preparado criamos um guia simples ‘livre de spoiler’ para você entender o que está vendo em todo Marketing que estão divulgando e não ficar boiando na frente na sua roda de amigos. Vamos lá Nerd!

Carol Danvers a ‘Capitã Marvel’

Interpretado por: Brie Larson

Quando conhecemos nossa heroína, ela já faz parte de um esquadrão de guerreiros de elite chamado Starforce, lutando ao lado dos Kree – uma raça alienígena do planeta Hala. Então ela retorna à Terra, onde ela deve redescobrir seu passado humano comum. É como “uma história clássica de origem da Marvel, mas contada ao contrário”, explica o produtor Jason Schwartz.

Embora ela não tenha lembrança disso, o Capitão Marvel, também conhecido como Carol Danvers, costumava ser um piloto da Força Aérea. Ela parece ter obtido seus poderes após um incidente de quase-morte e posterior ressuscitação pelos Kree. E sua história esquecida pode ser a chave para tudo o mais que está acontecendo no filme.

Nick Furry

Interpretado por: Samuel L. Jackson

Se você já viu outros filmes da Marvel provavelmente já conhece esse carinha, Nick Fury o ex-diretor da SHIELD. Mas o Nick Fury que veremos neste ambiente é mais jovem, menos cansado e quando a ‘Capitã Marvel’ aparece em sua vida revela a ele que há todo um Universo lá fora que ele desconhecia.

Líder da Força Estrela

Interpretado por: Jude Law

Ele é o Líder da StarForce e o mentor da Capitã Marvel. No entando, como sua dinâmica impulsiona a história ainda está sendo mantida em segredo total pela Marvel.

Minn-Erva

Interpretado por: Gemma Chan

Minn-Erva é outro membro de destaque da StarForce, um franco-atirador Kree que tem uma espécie de “rivalidade lúdica” com a Capitã Marvel. “Minn-Erva não confia muito em Carol”, brinca Chan, “mas como equipe elas são muito eficientes e fazem as coisas acontecerem”.

Korath

Interpretado por: Djimon Hounsou

Nós já vimos essa cara antes, nos primeiros Guardiões da Galáxia está lembrado? Aqui, Korath é um membro do alto escalão da StarForce, mas meio sem graça agindo sempre “como uma máquina”, como dizia Hounsou lembra?

Ronan

Interpretado por: Lee Pace

Outro cara que já vimos em Guardiões da Galáxia, o jovem Ronan em Capitã Marvel é menos fanático e menos radical. Ele “tem seu próprio papel a desempenhar no exército de Kree que interage com a StarForce de uma maneira interessante”, diz Schwartz.

Talos

Interpretado por: Ben Mendelsohn

Talos é um líder dos Skrulls, uma raça alienígena que vive em um amargo conflito com os Kree. Os Skrulls também são muito bons em mudar de forma, o que é sempre muito útil para seus esforços de invadir a Terra. De sua parte, Talos se infiltrou na SHIELD imitando um humano com tanto sucesso que é o chefe de Nick Fury.

Maria Rambeau

Interpretado por: Lashana Lynch

Colega de Carol como piloto na Força Aérea não sabia onde havia se enfiado todos esses anos e Carol, por sua vez, não consegue se lembrar de Maria logo de cara. Ainda assim, agora que Carol está de volta, Maria permanece fiel ao seu antigo vínculo de amizade e desempenha um grande papel ajudando Carol a recuperar seu passado.

Monica Rambeau

Interpretado por: Akira Akbar

Monica é a valente filha de Maria, que vê Carol como uma Tia. Embora o papel de Maria em tudo isso não seja muito claro, vale a pena notar que nos quadrinhos, Maria assumiu o manto da Capitã Marvel antes de Carol. Claramente, não é assim que a linha do tempo está se desenrolando aqui mas parece possível que Monica tenha muito a fazer no futuro.

Phil Coulson

Interpretado por: Clark Gregg

Muito antes de ser morto por Loki em The Avengers e ressuscitado em Agents of SHIELD, Phil Coulson era apenas um novato da SHIELD que mal conseguia fazer com que Nick Fury pronunciasse seu nome.

Ganso

Interpretado por: Reggie, Archie, Rizzo e Gonzo 🙂

Nomeado após o personagem TopGun, Goose parece apenas com um gato comum. Mas há fortes razões para acreditar que ele é na verdade um alien conhecido como Flerken. Nos quadrinhos, os Flerkens se parecem com felinos terrestres, mas possuem características extras (como tentáculos dentro de suas bocas) e poderes especiais (como habilidade de saltar entre as dimensões). Ah, esses gatos!

Inteligência Suprema

Interpretado por: Annette Bening

Como confirmado por Annete Bening: “Uma entidade divina, líder do povo Kree. A inteligência artificial que consiste nos maiores intelectos do provo Kree nos últimos milhões de anos.”. Ela ainda acrescenta: “Mas eu não posso dizer isso.”.

Capitã Marvel estréia em 7 de março de 2019 e recentemente, também foi revelado que o filme começa com um tributo comovente à lenda da Marvel, Stan Lee, que certamente irá arrancar diversas lágrimas dos cinéfilos e fãs de quadrinhos.

Não deixe de enviar seus comentários depois de assistir o filme.